top of page
  • Foto do escritorAngélica Madalosso

Marca Empregadora: O quanto é poderosa a influência das Pessoas Recrutadoras na Atração de Talentos?


Dois homens e três mulheres riem em um escritório. Alguns estão sentados em uma mesa com um laptop, outros de pé. A foto demonstra um clima agradável no trabalho.

Você já parou para pensar qual o ponto de contato da sua marca empregadora que seu talento passa mais tempo interagindo?

Se a empresa que você trabalha já está em um nível avançado de maturidade de employer branding, tenho quase toda certeza de que a sua resposta será as redes sociais ou até mesmo seus e-mails marketing. Afinal, sabemos que empresas que possuem uma estratégia robusta de employer branding têm uma gestão consistente de seus canais. Neles, as empresas podem promover awareness e nutrição do seu relacionamento com os talentos antes mesmo de eles quererem de fato trabalhar naquele lugar.

Contudo, boa parte das empresas brasileiras está distante dessa realidade e ainda se encontra em um nível de maturidade inicial e intermediário, alocando seus principais esforços em trabalhar a marca empregadora diretamente vinculada a uma oportunidade existente. Sabemos que mudar essa realidade não é fácil, pois vai muito além de convencer o time de RH: é preciso ter o engajamento do time de marketing, comunicação e das principais lideranças do negócio para conseguir ter uma estratégia constante de marca empregadora.


Por conta desse cenário desafiador, neste artigo quero compartilhar com vocês como temos visto várias marcas obtendo um resultado muito eficiente em sua estratégia de marca empregadora em curto e médio prazo. Nesse artigo, você encontra:



 

QUAL É O SEGREDO PARA ATRAIR MAIS TALENTOS POR MEIO DAS PESSOAS RECRUTADORAS?


Muitas das empresas que têm atingido resultados eficientes em suas estratégias de marca empregadora optam por destinar os seus primeiros esforços de employer branding no ponto de contato que o talento passa mais tempo interagindo quando a empresa ainda não está tão avançada nesse processo: as pessoas recrutadoras. É aí que está o segredo. São esses profissionais que encontram, abordam e convencem as pessoas candidatas a seguirem nos processos seletivos e, até mesmo, a aceitarem nossa carta oferta.


TÁ, ANGÉLICA, MAS ISSO SIGNIFICA MELHORAR A EXPERIÊNCIA NO PROCESSO SELETIVO?


Não exatamente. Vocês já pararam para olhar o número de seguidores que as pessoas recrutadoras que trabalham na empresa de vocês têm no LinkedIn? Tenho certeza de que pelo menos uma delas tem mais de 10 mil seguidores. Normalmente, esse número é muito alto, mesmo quando a pessoa recrutadora não tem um posicionamento estratégico de marca empregadora na rede. Afinal, esse resultado vem das milhares de conexões que elas fazem para realizar o processo de hunting. Além disso, muitas vezes os próprios talentos seguem essas pessoas proativamente quando estão em busca de oportunidades.


E AGORA, COMO UTILIZAR A AUDIÊNCIA DO SEU PRÓPRIO TIME DE RECRUTAMENTO PARA FORTALECER A SUA MARCA EMPREGADORA?


“Ah, Angélica, é muito fácil, podemos criar templates de anúncios de vagas para elas compartilharem.” NÃO, definitivamente não.


Vocês sabiam que hoje as habilidades de marketing e comunicação são essenciais para as pessoas recrutadoras que querem realizar um trabalho diferenciado nas organizações onde atuam?


A pessoa recrutadora estratégica é aquela que explora a narrativa da marca empregadora em seu conteúdo, de forma humana, constante e que mostra os bastidores da empresa. Ou seja, o que ela menos posta são anúncios de vagas. O conteúdo dela sobre a empresa é tão envolvente e relevante para as pessoas que seguem o perfil que, na hora de recrutar, ela tem muito mais receptividade dos talentos que aborda. Além disso, frequentemente ela pode ser abordada por talentos que fazem muito mais sentido para a organização onde atua.


Quer saber se o seu time de recrutamento está preparado para aumentar a atração de talentos na empresa? Baixe o checklist inscrevendo-se abaixo:



COMO A ILOVEMYJOB PODE AJUDAR AS EMPRESAS A TEREM PESSOAS RECRUTADORAS COMO INFLUENCERS DA MARCA EMPREGADORA?


- Capacitamos e sensibilizamos o time por meio do nosso treinamento exclusivo de employer branding para pessoas recrutadoras.


- Criamos um toolkit, ou conjunto de peças, formado por: um material orientativo / playbook, guia do processo seletivo para utilizar no hunting, kit de modelos de abordagens, mensagens-chave, kit de templates para anúncios de vagas e conteúdos para redes sociais, templates de e-mail para relacionamento com as pessoas candidatas, capa para LinkedIn, orientações para atualização do Linkedin e mais alguns itens.

- Divulgamos uma news com dicas de pauta e conteúdos para serem compartilhadas nas redes sociais das pessoas recrutadoras e acompanhamos a performance do time, definindo formas de reconhecimento e recompensa.


QUAIS SÃO OS RESULTADOS ATINGIDOS PELAS EMPRESAS QUE JÁ IMPLEMENTARAM ESSA ESTRATÉGIA COM A GENTE?


- Aumento da receptividade na abordagem

- Melhoria do alcance da sua marca em comunidades de talentos relevantes

- Diminuição do seu SLA em vagas estratégicas


 

E por aí, que tal iniciar seus esforços de marca empregadora com o seu time de pessoas recrutadoras e se conectar com talentos muito mais qualificados em curto ou médio prazo?


Me chame para conversarmos sobre isso!


Angélica Madalosso

CEO e Co-founder da ILoveMyJob

angelica.madalosso@ilovemyjob.com.br


216 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page