top of page
  • Foto do escritorAngélica Madalosso

EB Lover, por Verônica Perez


Hoje, a protagonista da editoria EB Lover é a Verônica Perez.


  • Qual sua área de formação?


Sou formada em Relações Públicas pela Unesp de Bauru-SP


  • Há quanto tempo você trabalha com EB?

Formalmente, há cerca de 2 anos, mas comecei a estudar e desenvolver o tema desde quando estava estagiando com Employee Experience, há 4 anos. Durante meu estágio, entrei em contato com a temática de Employer Branding pela primeira vez, identifiquei a necessidade de explorar o tema na organização e iniciei meus estudos na área. Comecei os projetos pelo gerenciamento da página do Glassdoor, um dos recursos que escolhi explorar na época, e aos poucos fui desenvolvendo outros projetos na área, como desenvolvimento de EVP, formulação de Candidate Persona, campanhas para Mídias Sociais, etc.


  • Qual empresa você trabalha hoje?

Trabalho na NeoAssist, uma empresa de tecnologia omnichannel de atendimento ao cliente, sou Supervisora de Marca Empregadora e Diversidade & Inclusão, ingressei na empresa como estagiária e já passei pelas áreas de Employee Experience, Facilities e Recrutamento e Seleção, além das duas pelas quais sou responsável hoje.


Para saber mais sobre a Neo e conhecer um pouco mais sobre o meu trabalho, acesse nossa Página de Carreiras e Mídias Sociais!

Para a página de carreiras, clique aqui

Para o LinkedIn, clique aqui

Para o Instagram, clique aqui

Para o Glassdoor, clique aqui


  • Quais são as suas principais atribuições?

Atualmente, minhas principais responsabilidades enquanto Supervisora de Marca Empregadora e Diversidade & Inclusão são: planejamento e gestão das áreas de Marca Empregadora e Diversidade e Inclusão na NeoAssist, incluindo definição de métricas e estratégias, elaboração de novos projetos, revisão de políticas e processos, e gerenciamento do Comitê de Diversidade, visando a criação de estratégias que tornem a NeoAssist referência em Marca Empregadora e Diversidade & Inclusão para que consigamos atrair os melhores talentos e que todas as pessoas colaboradoras possam inovar e gerar valor a partir da sua realidade.


Algumas demandas que desenvolvo no meu dia-a-dia são:

  • Atualização das páginas de carreiras, Gupy, Glassdoor e Indeed;

  • Desenvolvimento e comunicação do EVP da Neo interna e externamente;

  • Desenvolvimento e implementação de campanhas e projetos de engajamento e comunicação de Marca Empregadora;

  • Apoio às jornadas da pessoa candidata e pessoa colaboradora;

  • Produção e gestão de conteúdos internos e externos atrelados a Marca Empregadora e Diversidade;

  • Análise e mensuração das ações e projetos de Marca Empregadora e Diversidade;

  • Incentivar e assegurar a comunicação e o relacionamento entre as áreas de Marca Empregadora, Recrutamento e Seleção, Diversidade, Employee Experience e Marketing.

• Qual o maior case que você já trabalhou ao longo de sua trajetória?

O maior case que já trabalhamos na Neo foi um projeto de Employee Advocacy em conjunto com a nossa Imersão de Final de Ano, um evento interno que utilizamos para revisitar a nossa Cultura Organizacional, apresentarmos resultados e conversarmos sobre futuro.


Nossa Imersão de Final de Ano de 2021 teve como tema “Jeito Neo de Ser”, nossa grande objetivo era conversar, ao longo de todo o evento, sobre elementos e atributos que tornavam a Neo e nossas pessoas colaboradoras, que chamamos de SuperNeos, únicas. Em conjunto com toda a programação do evento lançamos a campanha #MeuJeitoNeoDeSer, em que pessoas colaboradoras eram incentivadas a compartilharem uma foto, vídeo ou texto em suas redes sociais utilizando a hashtag e falando sobre o que era o “Jeito Neo de Ser” para elas.


No LinkedIn, quase 30% das nossas pessoas colaboradoras fizeram publicações utilizando a hashtag e falando sobre o seu “Jeito Neo de Ser”. Foram 28 publicações, totalizando 1584

curtidas e 105 comentários.


Além da campanha, a hashtag #MeuJeitoNeoDeSer é utilizada até hoje nas redes sociais pelas nossas pessoas colaboradoras e perfis oficiais da NeoAssist e o slogan “Jeito Neo de Ser” passou a integrar a nossa proposta de valor à pessoa colaboradora, o EVP.

Esta é uma publicação no nosso perfil oficial que compilou alguns dos depoimentos de SuperNeos, clique aqui para acessar.



  • Que dica você daria para quem quer trabalhar na área?

Acredito que 4 pontos muito importantes na jornada de quem gostaria de trabalhar com Employer Branding são: Estudos; Benchmarkings e Networking; Eventos; e Atualização constante.

  • Estudos - Em qualquer profissão e área de atuação os estudos são essenciais, tratando-se de EB algumas temáticas que considero fundamentais são: Branding, Comunicação Interna, Gestão de Pessoas, Recrutamento e Seleção, Comunicação e Mídias Sociais. Existem portais e perfis nas redes sociais especializados na temática de Employer Branding, como é o caso da ILoveMyJob, considero um grande diferencial acompanhar os conteúdos e conhecimentos compartilhados. Além disso, os estudos podem e devem ser complementados com cursos, podcasts, webinars, artigos, etc. Ainda no que diz respeito a estudos considero essencial não apenas as temáticas específicas de EB, como também uma profunda compreensão e análise de cenário sobre o mercado de trabalho, o país em que os projetos serão desenvolvidos e os diferentes perfis de candidate personas com quem a marca gostaria de se relacionar.


  • Benchmarkings e Networking - Conexões e troca de experiências são tão válidas e importantes quanto estudos formais, acredito que os nossos conhecimentos podem ir muito além quando compartilhamos experiências, vivências, projetos, oportunidades e aprendizados com outras pessoas. Por isso, conecte-se com pessoas da área, convide para um bate-papo e compartilhe conhecimentos.


  • Eventos - Além de uma ótima oportunidade de networking, eventos de Comunicação, Marketing, RH e EB também agregam muito conhecimento através de palestras e workshops, trata-se de uma ótima fonte de atualização, pois há muitos conteúdos que compartilham tendências do mercado, novas perspectivas e dados atualizados.


  • Atualização constante - Por fim, não podemos esquecer que Employer Branding, assim como outras áreas, requer atualização constante, seja porque trata-se de uma área recente na qual ainda há muito o que ser explorado, mas também porque tendências, “trends” e temáticas se renovam quase que na velocidade da luz. Assim, é extremamente importante mantermos atualização constante, tendo sempre atenção às novas práticas do mundo da Comunicação, às novas tendências e necessidades do mundo do trabalho e às prioridades de futuros talentos.

80 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page