top of page
  • Foto do escritorAngélica Madalosso

EB Lover, by Joyce Salgado


Hoje a protagonista da editoria EB Lover é a Joyce Salgado.


Qual sua área de formação?

Eu sou formada em Lazer e Turismo, pela USP, iniciei minha trajetória e me dediquei nos últimos 6 anos a área de marketing, trabalhando em empresas no segmento do turismo. Dia desses, eu ouvi falar sobre a semelhança entre Turismo e EB, quando falamos em viagens, estamos falando muitas vezes da materialização de um sonho e com EB não é muito diferente, porque quando falamos de cultura organizacional e marca empregadora, também estamos falando de realização de sonhos e a vivência de experiências inesquecíveis, a única diferença é que fazemos isso acontecer nas empresas.


• Há quanto tempo você trabalha com EB?

Eu descobri o que era EB na última empresa que trabalhei, a Localiza. Lá pude vivenciar uma cultura muito forte e os pilares de marca empregadora eram comunicados de uma maneira muito positiva internamente e externamente. Foi essa vivência que fez despertar a minha curiosidade em EB.

Estou focada em EB há apenas 8 meses e o Curso da ILMJ foi um suporte enorme para esta virada de chave, recomendo demais para profissionais em transição de carreira.


• Qual empresa você trabalha hoje?

Hoje eu trabalho na Bluefit, uma das maiores redes de academias do Brasil. Ajudamos milhares de brasileiros a acabarem com as desculpas para não treinar! Oferecemos um alto padrão de serviços, com um ótimo custo-benefício.

É muito gratificante poder aliar o trabalho de EB com o propósito tão incrível da Bluefit de levar saúde física, psicológica, convivência social e bem-estar para as pessoas.


Quais são as suas principais atribuições?

Entrei na Blue com a missão de desenvolver as áreas de EB, endomarketing, comunicação interna e diversidade & inclusão. Ufa, rs, é bastante coisa, mas todos nós do time de Gente&Gestão nos apoiamos e conseguimos tirar todos esses grandes projetos do papel.

Em EB estamos construindo o nosso EVP, ainda na fase de diagnóstico. Em paralelo, eu faço a produção e gestão de conteúdo da nossa página no LinkedIn e desenolvi alguns outros projetos, como a atualização da nossa página de carreiras e promoção de eventos de recrutamento, bastante focado em profissionais de educação física.


Qual o maior case que você já trabalhou ao longo de sua trajetória?

Um dos cases mais legais que desenvolvemos na Bluefit foi o projeto de prevenção ao assédio.

O ambiente de academias, pode ser por vezes sexualizado e de hiper valorização dos atributos físicos, por isso desenvolvemos uma série de estratégias para conscientização dos nossos clientes e orientação dos nossos colaboradores, muito focado em o que fazer ao presenciar algum comportamento que deixe nossas alunas desconfortáveis.

Também desenvolvemos um material muito robusto para profissionais de educação física, o que além de cumprir nosso papel social, nos ajudou a fortalecer a nossa marca empregadora nessa área.

A maior parte destas ações foi desenvolvida em conjunto com a Casa da Mulher Brasileira, um equipamento público que acolhe mulheres em situação de violência. Esta parceria acabou resultando em outros projetos, como arrecadação de doações para a Casa e inclusive já dando um spoiler, estamos trabalhando em um projeto de empregabilidade destas mulheres. Uma vez que o ciclo da violência por vezes é difícil de ser quebrado pela dependência financeira do agressor.


• Que dica você daria para quem quer trabalhar na área?

Eu tenho 2 dicas para quem, assim como eu, tem muitas frentes de trabalho:

Não espere construir o seu EVP dos sonhos para começar a trabalhar suas ações de EB. Faça um diagnóstico um pouco mais básico, planeje e desenvolva as ações, enquanto você trabalha de maneira mais profunda no seu EVP.

Além disso, priorize! Não queira abraçar o mundo, mas comece pelos projetos que trarão maiores resultados para o negócio. Conforme mostramos estes resultados para a companhia, a área vai ganhando mais corpo e conseguimos desenvolver cada vez mais projetos.

25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page