• Angélica Madalosso

EB Lover By Gabriela Lima


Hoje a protagonista da editoria EB Lover é a Gabriela Lima.


=> Qual sua área de formação?

Sou publicitária por formação, graduada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, e com pós graduação em MBA Marketing.


=> Há quanto tempo você trabalha com EB?

Posso dizer que, oficialmente, trabalho com EB há pouco mais de 2 meses. No entanto, tenho experiência de 4 anos em Comunicação Interna e, nos últimos anos na área e cada vez mais imergida no mundo de EB, posso dizer que já trabalhava Employer Branding em diversas inciativas! São áreas muito correlatas, que caminham juntas, mas com estratégias e objetivos diferentes (mas próximos). EB é uma área relativamente nova, percebo diversas movimentações de profissionais para se dedicar mais na área e me encontro também nesse movimento de carreira, com foco em me desenvolver cada vez mais como profissional de Employer Branding.


=> Qual empresa você trabalha hoje?

Atualmente, estou na JTI (Japan Tobacco International), uma empresa que tem como propósito genuíno ter as pessoas no centro de todas as ações do negócio. #JoinTheIdea

=> Quais são as suas principais atribuições?

Sou Especialista de Employer Branding, estou junto com o time de Pessoas e Cultura e tenho como principais atribuições fomentar, em todas as ações com pessoas (sejam elas possíveis candidatos ou não) os atributos principais da marca empregadora JTI. O maior desafio da área, hoje, é concentrar todas as iniciativas da empresa em uma jornada completa de experiência para atrair pessoas, receber candidatos, cuidar dos colaboradores e respeitar os ex-colaboradores. Com isso, as principais atividades da área consistem em gerenciar os canais de comunicação com todos esses pontos de contato – principalmente redes sociais -, promover projetos/iniciativas que promovam a atração de talentos para a empresa, preservar e fortalecer o EVP da marca empregadora em todas as comunicações de EB (na JTI chamamos de TVP – Talent Value Proposition), criar iniciativas de engajamento que promovam o EVP da marca, entre tantas outras possibilidades da área. Além dessas atribuições, o relacionamento com as áreas parceiras é de extrema importância para alimentar as iniciativas do plano de EB.


=> Qual o maior case que você já trabalhou ao longo de sua trajetória?

Diria que o case mais marcante e recente que tenho o orgulho de mencionar, foi o lançamento do podcast na empresa em que trabalhava. Como comentei, atuava como Comunicação Interna e, informalmente, essa foi uma grande ação de EB. Estávamos no momento de inovar a forma de comunicação com as pessoas e o podcast tinha como principal objetivo levar conteúdo e conhecimento dos colaboradores para todos. Além de ser uma tendência no mercado, o podcast possibilita um novo formato de compartilhamento das iniciativas da empresa, mas é muito importante entender se este é o momento certo para a marca empregadora entregar esse tipo de formato para as pessoas. No projeto que lancei, tive a oportunidade de entrevistar várias pessoas sobre assuntos pertinentes do mundo corporativo, como Carreira, Produtividade, Melhoria Contínua, Saúde mental, entre outros, e falar sobre as iniciativas da empresa em cada um desses assuntos. Os episódios foram disponibilizados em todas as plataformas de áudio e tivemos mais de 1000 ouvintes em pouco tempo de lançamento, somando todos os episódios.

Acredito que os grandes cases de EB tem algo em comum: tentativas! Se algum projeto, ideia ou referência de outras empresas faz sentido para o momento da sua marca empregadora, vale a tentativa de inovar e entregar resultados!


=> Que dica você daria para quem quer trabalhar na área?

Minhas dicas para os profissionais que querem trabalhar ou estão começando na área, como eu, são: busque contatos e referências de outros profissionais da área – EB está vivíssimo e manter o networking ativo pode (e vai) ajudar a materializar as ideias; mantenha-se positivo e entusiasmado com as ideias para a marca empregadora – talvez não dê para fazer tudo no momento em que planeja mas keep calm rsrs; consulte cursos, livros e perfis como o IloveMyJob para aprender cada vez mais sobre EB – se desenvolver e ter a humildade para aprender vai fazer toda a diferença.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo