• Angélica Madalosso

EB Lover By Caren Brum Morais


Hoje a protagonista da editoria EB Lover é a Caren Brum Morais.


=>Qual sua área de formação?

Comunicação Social – Habilitação em Publicidade & Propaganda.


=>Há quanto tempo você trabalha com EB?

Há três anos.


=>Qual empresa você trabalha hoje?

Raízen Energia SA.


=>Quais são as suas principais atribuições?

Criar, executar e sustentar atividades e projetos de Employer Branding, ter alinhamentos pontuais junto do time de Recrutamento & Seleção para identificar e destacar oportunidades de comunicação com potenciais talentos, desenvolver estratégias com áreas de GENTE para atender às necessidades atuais e futuras englobando os negócios da Raízen, impulsionar novas iniciativas e trazer novas propostas de valor com foco em diversidade e inclusão e personas, acompanhar indicadores de GENTE, relatórios e métricas dos canais de mídia, eventos (online/offline) e funil de recrutamento (inbound recruiting) e tendências de mercado, apresentando ações de melhoria, estar presente com o time de marketing no fortalecimento da Marca Empregadora em todos os canais de mídia da Raízen, identificar eventos potenciais para engajamento da marca e negociar com stakeholders externos de talentos como universidades e parceiros, manter um relacionamento com as universidades, construir/manter relacionamentos com jovens talentos por intermédio da Liga Raízen (liga interna de estagiários), acompanhar e revisar a produção de materiais voltados para o candidato e para o colaborador, garantindo que os itens tenham o tom de comunicação adequado dentro do Guia de Marca Empregadora, conectar, influenciar e engajar a área de gente, pares e áreas clientes.


=>Qual o maior case que você já trabalhou ao longo de sua trajetória?

Make It Bright Global JTI – (Japan Tobacco International) – O Make It Bright é um programa global de talentos, feito especialmente para jovens que sonham em ter uma carreira mundial através da criação de ideias inovadoras para o mercado. Mesmo sem ter vínculo com a empresa, essas duplas (jovens universitários) são suportadas/assistidos/conduzidos pela área de EB em uma imersão no mundo corporativo por 8/9 meses. Tudo isso, para que eles tenham uma conexão com a empresa a ponto de lapidar suas ideias e serem modelos de boas práticas/inovação internamente e externamente.

Nessa longa jornada de acompanhamento, eles recebem KITS da empresa, mentorias de colaboradores com alto desempenho, participam de eventos internos, fazem imersão em áreas que envolvem seus projetos, entre outras atividades. Após todas essas etapas, é escolhida uma das duplas para representar o Brasil em uma competição global, junto de 34 países, onde a ideia mais sustentável para o negócio ganha um estágio de 6 meses em qualquer um dos escritórios espalhados pelo mundo, prêmios Apple e um curso em Londres.

No Brasil fui Owner por dois anos dessa ação e foi um momento incrível para descobrirmos diversos talentos e aproximar a geração Z de nossa marca empregadora. Foi uma oportunidade ímpar de trazer novos talentos para o universo dinâmico dos negócios da JTI.


=>Que dica você daria para quem quer trabalhar na área?

A dica é buscar conhecimento e trocas de mercado. Pois mesmo que a área de Employer Branding venha se “mostrando” no mercado, ainda há uma carência de conteúdos em geral. Estar se atualizando, buscar leituras, fazer cursos, trocar ideias com quem já atua em cargos independente da sua senioridade é essencial. Nessas trocas conseguimos ver que mesmo em empresas de diferentes portes, temos problemas e dores similares e é possível um “ajudar” o outro. Acredito que para ser protagonista em sua carreira, ter a iniciativa de buscar o conhecimento, criando oportunidades de troca é o que mais auxilia no crescimento em sua carreira. Vá sem medo de estar certo ou errado, faça networking, busque uma mentoria, leia artigos, acompanhe as inovações de mercado, essas com certeza serão as chaves do sucesso para ter destaque na área de EB.



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo