Os cães estão latindo em árabe…

15 jun
2009

Caso seja recém-chegado aqui, não se assute: o assunto não é adestramento canino. “Cachorros eletrônicos”, ou simplesmente “cães”, foi a forma carinhosa que eu encontrei para me referir a um acessório tão criticado e desconhecido: os flashes portáteis.

Eu penso que usar números e letras para descrevê-los, como em SB-800 ou 580 EXII, só aumenta a distância entre o conhecimento e a prática, como se tivéssemos que programar um R2D2 ou o C3PO a cada tentativa de uso.

Eles são poderosos, confiáveis e topam qualquer parada e, assim como nossos amigos de nariz frio e quatro patas, devem ser compreendidos para que toda a graça que há neles seja liberada.

Essa é a idéia do blog, e do vídeo aí de cima…

Comentei no último post que estou na Jordânia fazendo as imagens de divulgação da nova novela das 20h da Rede Globo, Viver a Vida, e antes do embarque, comprei uma Sony Cybershot W110, capaz de gravar vídeos em Full HD e pequena o suficiente para caber em qualquer espaço, para tentar filmar algumas sessões de foto. Uma imagem vale mais que mil palavras…

Uma viagem como essa gera uma pressão descomunal muito antes dela começar, são vários os pedidos de fotos para todos os jornais, sites e revistas do país, além do tradicional aviso: “Na sua folga, tente fazer ensaios dos atores conhecendo e visitando locais típicos da região para tentarmos emplacar na Caras, Contigo, Quem, etc…”.

Na minha “folga”? rsrsrsrs…

Assim que cheguei em Petra, tratei de produzir as fotos mais desejadas de todas: retratos dos personagens, mostrando quem são os atores, seus figurinos e o local onde estão gravando. O vídeo mostra os dois primeiros dias de gravação na trilha que leva até um monumento de pedra chamado Monastério, são apenas 854 degraus da base até o topo, com um calor que ultrapassava os 40 graus e que abriu uma ferida no topo da minha cabeça logo nas primeiras horas.

Era o Sol de Petra dando as boas vindas, mas uns latidos vindos de dentro da mochila me diziam que os “cães” queriam ir à forra…

A luz em Petra é dura boa parte do tempo, e com montanhas claras e um piso branco ao seu redor, chega a ser difícil manter os olhos abertos sem um bom óculos escuros, acho que o vídeo mostra bem toda a intensidade luminosa do local. Não havia dúvidas se deveria ou não usar um flash, a pergunta agora era: como ele iria ser usado.

Embora os SBs sejam capazes de sincronizar em qualquer velocidade de obturador, eles perdem muita potência acima do 1/250 s (vel. de sincronismo de flash da D200) e com um sol de meio dia a ser domado, potência era tudo o que eu não podia perder, portanto, a velocidade já estava escolhida: 1/250 s.

Com um valor como esse no obturador e uma luz intensa lá fora, eu já esperava aberturas pequenas e grande profundidade de campo. Todas as fotos mostradas no vídeo foram feitas com a 17-55 f/2.8 fechada em f/8. Não havia sentido em viajar para Petra e produzir retratos com o fundo todo desfocado, a idéia era justamente o oposto disso: mostrar o ambiente onde nos encontrávamos.

A parte numérica estava resolvida, restava trabalhar a luz:

A sessão com a Taís Araújo, a protagonista Helena da novela, dá uma boa dica para melhorar o controle do Sol quando se usa um flash: procure uma sombra…

Fácil de falar e difícil de encontrar, sombras eram disputadas a tapa por beduínos, camelos, burros, turistas ensopados e parte da produção da novela. Eu não acreditei quando vi um banco de pedra ao lado de um arbusto com flores rosadas sem ninguém por perto e longe o bastante de uma muralha rochosa.

Coloquei o SB-800 em um tripé e usei uma sombrinha difusora para gerar uma luz suave, contrastando com a iluminação dura do fundo. Contraste entre as luzes era uma forma de destacar a atriz do plano de fundo, e ao colocar o tripé na lateral, revelei volumes do corpo e texturas do figurino.

Conforme íamos subindo os degraus da trilha, as sombras desapareciam e o sol se tornava cada vez mais presente. Em vez de brigar com ele, transformei-o em um contra-luz, procurando fotografar os atores em algum local onde pudesse ter uma noção de profundidade, relativamente fácil de encontrar no meio daquela paisagem. Como iniciei com o flash na sombrinha, mantive-o assim até o final para ter um estilo de luz constante em todas as fotos.

O SB-800 estava em “REMOTE”, programado para funcionar em TTL mesmo, como os intervalos para fotografar eram curtos, não tinha nem tempo de calcular a exposição do flash em Manual, era soltar os “cães” da mochila e clicar.

Bom, ainda tem material a ser mostrado aqui, mas com um Movie Maker que travava a cada 5 minutos, eu demorei mais do que o desejado para terminar o vídeo, espero que vocês gostem e que tenha ajudado bastante.

Ah! para os amantes da batida eletrônica: meu berço foi o rock´n roll, portanto, aumentem o som…é Rage Against The Machine mandando um cover do Pink Floyd.

Boa Sorte!

31 Responses to Os cães estão latindo em árabe…

Avatar

Anonymous

junho 15th, 2009 at 19:43

Renato, passa a configuração dos equipamentos usados. Vi que vc usa uma sombrinha difusora branca da Mako, mas qual a altura e modelo do tripé e as garras usadas?
Como tenho muita dificuldade na utilização de flash, seu Blog é meu guia. Continue assim, dividindo seu conhecimento e prática com aqueles que acham o FLASH o grande bicho papão da fotografia.

Avatar

luizcarlos_lima

junho 15th, 2009 at 19:46

Renato,
parabens pelo trabalho !

Qualidade e profissionalismo.

Um abraco

Junior e familia

Avatar

Isa**

junho 15th, 2009 at 20:57

Nossa, surpreendendo sempre…. Parabéns pelo trabalho, quando "crescer" quero ser igual a vc! hehhehe.

Abçs
Isa Ramos

Avatar

Felipe Salum

junho 15th, 2009 at 22:11

Sensacional o video, behind the scenes eh muito bom.

As fotos que vc mostra no final hein, que beleza que ficaram, parabens pelo trabalho.

Avatar

junho 16th, 2009 at 02:21

Renato este vídeo foi pontual,como tudo que faz.
Linda Petra,embora sua dureza,literalmente(rsrs),só possa ser derrubada pelas belas imagens
captadas por sua sabedoria e com esta equipe linda que te acompanha.
Qual Sol, calor que não se dobram à beleza da Thais e à percepção e dom sobrenatural seu?
Lindo o vídeo, acho que já assisti umas dez vezes.
Aliás, eu me diverti com a música que escolheu,eu amo está melodia, mas estava um choque!!
Mas tudo vale a penas para nos trazer felicidade.
Pode ter certeza, Viver a Vida já nos enfeitiçou antes mesmo de ser produzida em nosssas telas.
PARABÉNS, vc não é dez, vc é mil.
Fátima Segalla

Avatar

Accioly

junho 16th, 2009 at 07:54

Vc tem vaga para assistente?? rs
Parabéns, belo trabalho!

Abç.

Accioly

Avatar

Luiz Egidio

junho 16th, 2009 at 08:10

Renato parabéns pelo trabalho, fino !

Percebi que você não utiliza o parasol na 17-55, algum motivo em especial?

Abraço

Avatar

Renato Rocha Miranda

junho 16th, 2009 at 08:19

Luiz,

Com uma mão sobrando, para que para-sol? rsrsrsrsrs…
Na verdade, só naquela parte com a Aline eu não usava ele, mas fica sempre na lente.

abração e obrigado pela visita!

Avatar

Daniel Nérso

junho 16th, 2009 at 09:15

Muito bom o vídeo! Não sei o que dá mais inveja, o seu trabalho ou o calor que está aí, pq aqui estou usando duas calças e um gorro na cabeça, isso DENTRO de casa! hehehe

Ainda estou apanhando com uma coisas de flash, poderia me dar umas dicas?
Como funciona o TTL? Ele calcula a distância do flash até o foco, mas e qdo se usa o flash para rebater ou na sombrinha por exemplo, o TTL vai calcular a distância do flash até o assunto(no caso a sombrinha, ou o teto) e daí como ele dá a carga correta pro verdadeiro assunto?

Abração

PS: Só me mata uma curiosidade, é uma Leica na mão do Thiago Lacerda?

Avatar

Camilla Mello

junho 16th, 2009 at 10:04

Renato, adorei o video, sempre que eu olho as suas fotos fico com a impressão que tem uma parafernálha (?) por trás, mas depois eu lembro: "essas fotos são dO Renato", então penso que deve ter sido "só" uma sacda genial sua! Como você pode fazer fotos tão maravilhosas com tão pouco equipamento?? O video ficou 10, mostrou exatamento essa sua genialidade e fotos maravilhosas, como sempre!

Beijos

Avatar

Gustavo Pellizzon

junho 16th, 2009 at 10:14

O video ficou muito bom hein Renato!
As fotos ficaram muito boas também. Deve estar um calorzão por ai hein.
Quero ver tudo quando voltar!
Parabéns!
Abraços,

Avatar

Eduardo Chaves

junho 16th, 2009 at 10:43

Renato,

Sempre que posso venho a seu blog e me admiro com a sua criatividade em resolver algumas situações no mínimo complicadas.

Sou fotógrafo amador e tenho muito o que aprender. Parabéns pelo seu trabalho.

Sou um dos autores do blog FOTOCOLAGEM. Fiz uma postagem especial sobre este post. Espero que possa conferir:

Técnica aliada à criatividade. Nos bastidores de “Viver a Vida” o destaque não são os atores
http://fotocolagem.blogspot.com/2009/06/tecnica-aliada-criatividade-nos.html

Abraços

Eduardo Chaves
http://www.fotocolagem.blogspot.com

Avatar

alessandro dias

junho 16th, 2009 at 11:13

"SÓ" uma palavra SENSACIONAL Renato!! Meu amigo que satisfação ver o seu trabalho evoluindo assim de forma tão exponencial!!! As imagens estão lindas e a técnica aplica é divina!! Digna de calar a boca de muita gente que se enche de pompa e acha que precisa carregar o mundo de equipo para fazer fotografia de qualidade! Semana passada participei de um WS sobre os cachorros eletrônicos e cada dia mais me inclino à favor deles!! Vamos trocar uns emails sobre seu WS aqui na capital!! Grande abraço! Alessandro

Avatar

Igor Fraga

junho 16th, 2009 at 12:46

Mais um show Renato!!
É mesmo muito dificil fotografar sob sol de meio dia, sob luz dura. Eu que fotografo aqui no nordeste bem sei a diferença que é não ter essa difusão natural que existe em são paulo por exemplo. e em minhas fotos geralmente uso a sombrinha difusora para siavizar o preenchimento deixando o fundo mais claro em efeito Duran. as pessoas geralmente alheias ao strobist estranham, acham mais normal a sombrinh rebatedora, mas o resultado das fotos no video fala por si. sucesso e mais boas oportunidades. até mais

Avatar

ALEXANDRE

junho 16th, 2009 at 15:24

Renato, parabéns pelas belíssimas imagens que comprovam a qualidade do profissional brasileiro. Um abraço!
Alexandre Marques

Avatar

Stella Brazil

junho 16th, 2009 at 17:46

Só de ler teu comentário já fiquei cansada!
Fiquei aqui babando! Que lugar maravilhoso prá se fotografar…acho que hoje nem vou dormir…rs

Avatar

Paula Marina

junho 16th, 2009 at 19:56

Renato,
como sempre vc dando um show. Agora, até na frente das câmeras, né ? rsrsrs..Sabe o que mais gosto? Em como vc pensa em cada detalhe da foto.
Louca pra vc vir pra cá, vou pegar no pé do Wiliam pra agilizarmos isto.
Um beião !

Avatar

Pacheco

junho 17th, 2009 at 11:35

Muito bom o video, agradeço pela possibilidade de ver sua atuação no trabalho! Fazer da simplicidade um ótimo resultado!
Eternizando o momento em um click!

Avatar

damiaosantana

junho 17th, 2009 at 13:31

Olha,Vê me ensinou o caminho daqui e agora eu volto sempre. Beleza de blog e pusta generosidade a tua.

Avatar

Paula Anddrade

junho 17th, 2009 at 20:38

Renato, adorei, irado o vídeo, seu texto, tudo, que lugar Lindo, uau!!!
Parabéns!
Parabéns pelo seu blog tbém, que está bombando, e não poderia ser diferente!

Avatar

Stefano Aguiar

junho 18th, 2009 at 08:33

Muito, muito bom!
Eu não curti o som. Particularmente sou purista, nada deveria tocar Pink Floyd a não ser Pink Floyd, rs…
Mas isso foi um mero detalhe. Muito bacana de ver a simplicidade do flash com uma produção também sem rodeios. E um visual espetacular no final!
Deu show, Renatão, como sempre!

Avatar

Gil Lourenço

junho 18th, 2009 at 11:14

Oi Renato, DEMAIS o vídeo.
Parabéns! Não estou ai, mas você consegue que a gente curta a viagem junto com você, Obrigada.
Pelo amor de Deus, tenha cuidado com estes desfiladeiros, te vi perto de um declive (pelo menos parecia ser um) e fiquei preocupadíssima, se cuida.
bjo!

Avatar

V.Eliana

junho 18th, 2009 at 20:28

Ola Renato,
Vi seu blog no fotocolagem e achei super legal as fotos da próxima novela da Globo. Eu já estava acompanhando algumas notícias pelo site do Monjardim e como sou apaixonada por imagens já estava procurando mais sobre o que virá na telinha.
Adorei! Um belo trabalho está fazendo!!
Sucesso!!
E vou continuar acompanhando daqui de SP os trabalhos.
ABraços
Valesca Braga – vebraga.blogspot.com

Avatar

Denise

junho 19th, 2009 at 15:52

Renato,
Tenho acompanhado seu blog e acho seu trabalho ótimo mesmo, mas melhor ainda é você, que divide seu conhecimento sem nada em troca. Uma qualidade ímpar.
Desejo que você tenha ainda muito mais sucesso em sua profissão!
Um abraço!
Denise

Avatar

Daniel Mitsuo

junho 21st, 2009 at 22:50

Renato, mandou muito bem nessa série! E gostei também da idéia dos vídeos, como você mesmo disse, uma imagem vale por mil palavras. Espero ver outros!

Avatar

junho 22nd, 2009 at 07:45

Renato, deus do relâmpago, quando que seus "cães eletrônicos" vão latir em FRANÇAIS?
bjssssssss

Avatar

Stella Brazil

junho 23rd, 2009 at 17:07

Renato…só prá constar aqui…a galera de Maringá-PR e região tá em polvorosa com a possibilidade de acontecer aqui teu WS de Flash.

Se alguém quiser reservar lugar é só me mandar um email:

stella.brazil@hotmail.com

Abraço Renato!

Avatar

Jorge Mariano

junho 23rd, 2009 at 19:14

Renato, seu trabalho é muito legal! Muito bom o post da Sandy! Pouca gente sabe o que dá pra fazer com os portáteis. Tô sabendo que talvez vá rolar um WS aqui em Maringá…estou esperando ansioso!

Avatar

Anonymous

junho 23rd, 2009 at 23:46

Ô Renato, responda aquele primeiro comentário? Que tripé e suporte para o flash e sombrinha você está usando? Também estou curioso!

Puta blog!! Parabéns!

Avatar

Anonymous

junho 24th, 2009 at 12:14

Fala grande Renato,
brother, cadê o parassol da 17-55????

Como sempre, muito elucidativo seus posts!!

Continua!!!!

Abraço,
Glaicon

Avatar

Verry

junho 29th, 2009 at 10:08

Fala Renatinho,muito bom esse trabalho, o blog esta cada vez melhor.Show de bola vc esta arrebentando de bom gosto.
PARABENS!

Comment Form

top